Mercado de cosmética: produtos veganos

Fórmulas veganas prometem poderosos resultados na beleza feminina

Depois de toda a discussão em relação aos testes que são feitos em animais, tem crescido o número de consumidores que utilizam cosméticos não testados em animais. Há ainda aquelas pessoas que aderiram completamente aos produtos veganos, que não possuem qualquer ingrediente de origem animal, justamente por toda a filosofia vegana pregar a ética e a libertação desses seres.

Mercado de cosmética: produtos veganos

Na página Maquiagem de Bonita, a maioria dos produtos vai ser formada por cosméticos veganos. Quer dar uma olhada? Antes disso, veja nossas dicas sobre a cosmética vegana.

Rótulo: com informações em inglês, fique atenta ao fato de que o sebo bovino usado nos sabonetes aparece como “tallowate”. Outros produtos que devem ser observados pelo rótulo são a cera de abelha, a lanolina (que é um componente derivado da lã de carneiro), alguns tipos de corantes, leite e mel. No rótulo, também é preciso ficar atenta a aspectos de origem animal e vegetal como o pantenol, ácido esteárico, glicerina. O ideal é que você descubra, no rótulo, quais são exatamente os princípios ativos daquele produto. Uma  boa dica é fazer pesquisas em blogs e sites especializados em cosméticos veganos. 

Orgânico: também é importante diferenciar o que é vegano e o que é orgânico. O vegano não vai ser testado em animal e não vai ter ingredientes com essa origem. A maioria dos produtos veganos vai vir com selo da Sociedade Vegetariana Brasileira ou órgãos internacionais a exemplo da Vegan Society. Já os cosméticos orgânicos, podem ter derivados de animais. O que ele não vai ter é ingrediente que tenha sido derivado de fertilizante, adubo químico ou agrotóxico. Estão fora: transgênicos, itens derivados do petróleo, sulfatos, óleos minerais, parabenos e afins. Até mesmo quando conterem produtos de origem animal, serão livres de hormônio ou antibiótico. Os orgânicos geralmente são certificados pelo IBD ou o Ecocert.

Quais os benefícios?

Respeitar os animais é uma das principais motivações de quem escolhe esse tipo de produto. E em termos de resultados para a beleza, como eles se saem? Estão em pé de igualdade com os produtos convencionais? De modo geral, não. É o que dizem os dermatologistas. Eles também afirmam que os melhores produtos são sempre bem indicados e que os resultados vão ser atingidos a partir de cada tipo de pele ou cabelo. Sem falar que os potenciais alergênicos existem em qualquer um desses produtos. Ou seja, o extrato sintético e o vegetal vão causar o mesmo tipo de alergia em algumas mulheres. O que os especialistas ainda reclamam? Da falta de tais produtos no mercado brasileiro.

Mercado de cosmética: produtos veganos

Hoje, são as indústrias americanas e europeias que mais investem nesse mercado que já é uma tendência. Tudo isso acontece justamente porque as pessoas estão modificando radicalmente a forma de encarar determinadas ações em relação ao ambiente que vivem.

Qual a sua opinião em relação a esse assunto?  Você é a favor ou contra dos testes em animais? Já foi veja? Gosta da ideia? Deixe seu comentário!

Postado em .


Recomendado para você

Comentários