Cabelos: mar e piscina

Quais produtos devem ser usados para evitar transtornos

Encarar a praia e curtir um delicioso verão requer cuidados não apenas com a pele. Muita gente aposta só no bronzeado e no uso do protetor solar e permite fortes agressões aos cabelos no período do verão. Os efeitos do mar, do cloro das piscinas e do calor são bastante nocivos.

Cabelos: mar e piscina

O raio solar atinge a queratina (proteína que forma o fio) e faz com que ela se parta em pequenos pedaços. Já o cloro da piscina, gera desprendimento de parte da cutícula, forma bolhas e deixa o fio áspero. Em que pese adorarmos a brisa do mar, ela embaraça os fios e eles podem quebrar facilmente. A areia, quando em contato com as madeixas, também gera quebra de fios e perda de queratina. E o sal do mar? Esse intensifica os efeitos nocivos dos raios solares.

Fique ligada em nossas dicas, que devem ser praticadas em todo o verão.

Dica 1: antes de sair de casa

Não é só para a pele que existem protetores. Diferentes marcas de leave in estão disponíveis para você proteger os fios das suas madeixas da ação dos raios solares. Portanto, comece a pesquisa do tipo mais adequado para o seu cabelo. Uma segunda alternativa é o uso de lenços, chapéu ou boné. Para quem prefere deixar o cabelo preso, faça-o de forma que não gere quebra dos fios após o mergulho no mar ou na piscina.

Dica 2: antes e depois do mergulho

Após o primeiro mergulho, quando estiver na praia pegando “aquele bronzeado”, hidrate os fios e utilize um condicionador específico. Para desembaraçar, use produtos adequados e um pente de madeira, com cerdas mais largas e espaçadas. A cada mergulho, reaplique os produtos.

Dica 3: na hora de prender

Se você não consegue manter o cabelo solto, ao natural, na praia, precisa de alguns truques com acessórios. Headbands e tic tacs são algumas das opções. Improvisar uma trança, fazer um coque alto e prender com alguns grampos também é uma alternativa. O rabo de cavalo pode ser utilizado com um lenço. Mas não se esqueça: qualquer uma dessas opções deve caminhar junto com o protetor solar.

Dica 4: máscara hidratantes não funcionam

Algumas mulheres acreditam que o uso de máscaras hidratantes no cabelo funciona bem na praia e na piscina. Não é verdade! Esses produtos não garantem qualquer proteção contra os raios ultravioletas e o motivo é bem simples: eles possuem um tempo curto de permanência e vão deixar os fios vulneráveis ao raio solar.

Dica 5: tingidos e com mechas

Cabelos: mar e piscinaEsses são os que estão mais sujeitos a estragos. Por terem passado por processos químicos, os fios ficam porosos e absorvem muito mais o cloro e sal.

Os efeitos do mar e da piscina também são mais intensos nos cabelos crespos, por conta do ressecamento natural que lhe é peculiar.
As loiras também sofrem mais verão. Na descoloração, há um ressecamento do fio, já que na pintura os pigmentos escuros foram retirados.

Essas pessoas precisam ter um cuidado todo especial no “pós-praia”, com hidratações semanais para o fortalecimento dos fios.

Dica 6: alisamento, permanente e relaxamento

São fios que perderam queratina e elasticidade. Nesse caso, estão mais propensos às pontas duplas. Nesse caso, todo o cuidado na hora de usar o secador, manter um produto específico para proteger os fios e não deixar que o cabelo seque sob efeitos da água do mar ou da piscina. A dica, nesses casos, é que depois da praia você deve enxaguar o cabelo com água do chuveiro ou com uma garrafa de água mineral.

Fotos: http://3comunica.com.br, http://www.walkercabeleireiros.com.br, http://www.jequiti.com.br

Postado em - Atualizado .


Recomendado para você

Comentários